Notícias

Aprenda como economizar combustível

| Notícias, Publicações

Aprenda como economizar combustível (1)

Quem não quer economizar no combustível do carro? Afinal, esse é o principal gasto recorrente que o motorista tem com o veículo. É comum as pessoas buscarem por tipos de combustíveis mais baratos e postos que ofereçam preços melhores. Talvez o que você muitas vezes não se atenta é que economizar no combustível também depende da forma como dirige. Dar partidas e frear de forma súbita, por exemplo, fazem o veículo consumir mais combustível. Acelerar muito e percorrer lugares íngremes também. Mas existem outras atitudes que também influenciam. Confira cinco atitudes que você pode começar a fazer a partir de hoje para reduzir os custos e aliviar seu bolso.

Cuide com a troca de marcha – Trocar a marcha na rotação correta do motor pode auxiliar bastante no consumo. Se você pisa muito no acelerador com uma velocidade incorreta, o gasto de gasolina aumenta. Isso porque o motor precisará compensar com mais consumo para chegar na rotação certa. Para trocar de marcha corretamente, fique de olho novelocímetro, também conhecido como conta-giros do painel do carro. É ele quem vai controlar e mostrar para o motorista o limite da potência da marcha. A medida que ele usa para isso são as rotações por minuto (RPM).

Verifique a calibragem correta antes de rodar – Pneus com falta de pressão influenciam diretamente no consumo de combustível. Quando um pneu está descalibrado, a borracha fica mais em contato com o solo, se arrastando pelo chão. Isso faz com o que o carro precise gerar mais força para se mover. Ou seja, serão mais rotações do motor para atingir a velocidade esperada. Isso tudo aumenta o consumo do combustível. O aumento pode chegar a 20% a mais de combustível.

Além disso, você vai desgastar o pneu mais rapidamente e diminuir a vida útil do produto. Mais um peso no bolso. Somado a isso tudo, pneus murchos também são prejudiciais ao meio ambiente, pois emitem mais CO2 na atmosfera. O número correto da pressão do pneu consta no manual do veículo. Ele é informado também em adesivos que ficam na parte externa e interna do pneu. Programe-se para calibrar os pneus pelo menos uma vez a cada quinze dias.

Verifique a etiqueta do Inmetro do pneu – Para se mover, o veículo faz uma força de tração contra o chão. Quanto mais força ele tiver de fazer, mais combustível ele vai consumir. O item que pode auxiliar o veículo neste sentido é o pneu. Pneus mais eficientes são aqueles que possuem melhores índices de resistência ao rolamento. A resistência do pneu ao rolamento indica a facilidade com que o pneu gira em torno do rolamento. Quanto menor a resistência, mais eficiente é o pneu. Ou seja: mais economia de combustível para o seu veículo. A escala vai de A à G, sendo A mais eficiente e G, menos eficiente.

É importante saber que rodas desalinhadas também provocam maior resistência ao rolamento dos pneus. Por isso, alinhe o carro a cada 10 mil quilômetros. Mas se antes de atingir essa marca, você perceber algo diferente nos pneus, procure um mecânico. Melhor não arriscar.

Não acelere parado no semáforo – Muitos motoristas continuam acelerando o carro quando estão parados em um semáforo. Não faça isso! Essa atitude colabora bastante para o esvaziamento do tanque do veículo. Para se manter ligado, o carro já consome combustível. O consumo aumenta se o motor precisar fazer uma força maior, como na aceleração. O sinal ficou vermelho? Antes de frear completamente, desacelere o carro. Isso tende ajudar bastante na economia de combustível. Quanto mais suave e uniforme você dirigir, mais você irá economizar.

Cheque o filtro do ar do carro – O filtro de ar do carro tem a função de impedir que as partículas de poeira e sujeira do ar externo entrem no carro. Isso interfere diretamente no consumo de combustível. Quando o filtro de ar está muito sujo ele diminui ou impede a passagem de oxigênio para o motor do veículo. Com um fluxo de ar menor para fazer a combustão, a central elétrica compensa essa falta com mais combustível. Ou seja, aumenta o consumo e ainda diminui o rendimento.

Então, a dica é seguir a quilometragem indicada pelo fabricante para fazer a substituição do filtro de ar. Caso você utilize o veículo diariamente em estradas de terra, pegue muito trânsito ou more em lugares com muita poluição, o filtro deve ser trocado antes. Por isso, vale sempre checar as condições da peça com um mecânico.

 

Fonte: Acheipneus

alteracao regulamentar-01

Alteração Regulamentar do Plano Multifuturo II

Em novembro, a Fusesc encaminhou à Superintendência Nacional de Previdência Complementar – PREVIC a correspondência pertinente às alterações no Regulamento do Plano de Benefícios Multifuturo II, após a aprovação do Conselho Deliberativo, conforme divulgado nesta notícia. Disponibilizamos o retorno da análise da Previc, que solicitou alguns ajustes, conforme abaixo: a)...

+ LEIA MAIS