Notícias

Os malefícios do refrigerante para saúde

| Notícias, Publicações

Colorful soda drinks macro shot

 

Tomar refrigerante faz mal à saúde, não só porque contém muito açúcar, mas porque também contém componentes que enfraquecem todos os órgãos do corpo. Além disso, o refrigerante não tem qualquer valor nutricional e ainda contém elevadas quantidades de sal, que favorecem a retenção de líquidos, levam ao aumento de peso, barriga estufada e pernas inchadas. A maior parte dos refrigerantes é feito a partir de ácido fosfórico, xarope de milho e potássio, que são substâncias que podem levar a vários problemas de saúde.

Diabetes e aumento de peso – Apenas uma lata de refrigerante contém cerca de 10 colheres de sopa de açúcar, o que aumenta bastante os níveis de açúcar no sangue e diminuem a ação da insulina no organismo. Assim, se ingeridos regularmente, os refrigerantes podem levar ao desenvolvimento de diabetes. Além disso, quando os níveis de açúcar no sangue sobem muito rápido, como após beber uma lata de refrigerante, é normal sentir mais fome, o que leva a um aumento de peso exagerado.

2. Enfraquecimento dos ossos e dentes – A maioria dos refrigerantes contém uma elevada quantidade de ácido fosfórico que impede o corpo de absorver o cálcio necessário para fortalecer os ossos. Dessa forma, pessoas que bebem refrigerantes regularmente podem desenvolver problemas como cáries ou osteoporose. Este ácido fosfórico também dificulta o trabalho do estômago para produzir ácido gástrico, atrasando o processo de digestão e a absorção de nutrientes.

3. Pedras nos rins – Devido à acidez dos refrigerantes, o corpo precisa usar o cálcio, que seria utilizado nos ossos, para facilitar a digestão e equilibrar o pH. Dessa forma, os rins precisam eliminar o cálcio utilizado nesse processo, o que aumenta o risco de formação de pedras nos rins, devido ao acúmulo de cálcio no seu interior.

4. Aumento da pressão arterial – Os refrigerantes podem levar a um aumento gradual da pressão arterial, especialmente devido as suas elevadas quantidades de sódio e de cafeína. Além disso, vários estudos indicam que o consumo excessivo de frutose, que é o açúcar presente nos refrigerantes, também é uma das principais causas de pressão alta.

5. Câncer do sistema digestivo – Além das substâncias químicas potencialmente cancerígenas do refrigerante, como o aspartame, estas bebidas contêm um pH muito ácido, semelhante ao do vinagre, que é disfarçado pela elevada quantidade de açúcar. O único órgão do corpo humano capaz de aguentar esse tipo de acidez é o estômago e, por isso, todos os outros órgãos, como a boca, o esôfago ou o intestino, que entram em contato com este tipo de acidez podem, ao longo do tempo, desenvolver tumores devido às alterações provocadas nas suas células.

 

Fonte: Medscan

Businessman working at his office with documents and check the accuracy of information.

PREVIC aprova alterações no Regulamento do Plano Multifuturo II

A Superintendência Nacional da Previdência Complementar (PREVIC), órgão regulador e fiscalizador das Entidades Fechadas de Previdência Complementar, aprovou em 12 de janeiro de 2021 o novo regulamento do Plano Multifuturo II (MFII) – com publicação no Diário Oficial da União. O novo documento já está em vigor desde 15...

+ LEIA MAIS