Notícias

Como ensinar educação financeira para crianças

| Notícias, Publicações

259

 

Para criar uma consciência financeira nas crianças, além de dar exemplo e não gastar o que não pode, os pais devem começar a educação financeira desde cedo. A mesada pode ser um ótimo instrumento.

Ela ensina o pequeno a gerir seu próprio dinheiro, mas, para ser algo positivo para a criança, alguns cuidados são necessários. O primeiro ponto é começar a dar dinheiro quando seu filho estiver preparado para fazer contas e isso só acontece geralmente a partir dos seis anos de idade.

Como a noção de tempo também é diferente entre crianças muito pequenas, o ideal é que o dinheiro mensal seja distribuído em semanas no início. Isso facilitará (e muito) a gestão do seu filho. Além disso, é preciso deixar as regras da mesada na mesa, quase literalmente. Antes de começar a dar o dinheiro, sente com seu filho e explique o que ficará a cargo dele (brinquedos, doces, etc), dê exemplos do que pode ser feito, como poupar, tenha uma conversa franca.

A transparência é o melhor caminho porque seu filho com certeza irá cometer algum erro financeiro ao longo da jornada, mas é melhor fazê-los agora que ele conta com os pais para aconselhá-lo do que no futuro quando pode vir a se tornar um inadimplente.

A mesada, porém, não é o único instrumento de educação financeira que pode ser utilizado. Se a criança é pequena, algumas noções do dinheiro – como a relação de troca em uma compra e de que não é possível adquirir tudo, temos de fazer escolhas – podem ser ensinadas. Para isso, é preciso envolver a criança no cotidiano da casa e das decisões. Deixe seu filho pegar o dinheiro e pagar o produto, escolher algum item entre duas opções com diferentes preços, e por aí vai.

 

O melhor da educação financeira é que quanto mais você ensina, mais criatividade vai surgindo diante das situações do dia a dia. Você vai perceber que educar um adulto com boa saúde financeira pode ser mais fácil do que você imagina.

 

Businessman working at his office with documents and check the accuracy of information.

PREVIC aprova alterações no Regulamento do Plano Multifuturo II

A Superintendência Nacional da Previdência Complementar (PREVIC), órgão regulador e fiscalizador das Entidades Fechadas de Previdência Complementar, aprovou em 12 de janeiro de 2021 o novo regulamento do Plano Multifuturo II (MFII) – com publicação no Diário Oficial da União. O novo documento já está em vigor desde 15...

+ LEIA MAIS